PRIMEIROS CUIDADOS PSICOLÓGICOS NO ENFRENTAMENTO A PANDEMIA COVID-19 NA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE UMUARAMA

No decorrer de uma Pandemia é previsto que as pessoas estejam sempre em estado de alerta. Sentimentos de tristeza, confusão, estresse, preocupação, são esperados. De acordo com Fiocruz (2020) estima-se, que entre um terço e metade da população exposta a uma epidemia pode vir a sofrer alguma manifestação psicopatológica, caso não seja feita nenhuma intervenção de cuidado específico para as reações e sintomas manifestados. Entretanto, é importante destacar que a maioria das reações e sintomas será classificada como reações normais diante de uma situação atípica que estamos vivenciando. Em uma Cartilha desenvolvida pela Fundação Oswaldo Cruz junto ao Ministério da Saúde, que trata de Atenção Psicossocial e Saúde Mental durante a COVID-19, traz que a Pandemia impacta as pessoas de diferentes formas. No que se refere especialmente as crianças, algumas reações são esperadas nesse momento como: distúrbios do sono, sentimentos de ansiedade ou depressão, dificuldade de concentração, choro, ficar no colo e regressão. Diante do exposto, pensando nos Professores e Alunos da Rede Municipal de Ensino de Umuarama, propôs-se com este Projeto, proporcionar aos Professores, um espaço de escuta e acolhida e também aos alunos e suas famílias, a construção e a manutenção de vínculos socioafetivos, no intuito de fortalecer essa ligação entre escola e família. O Projeto foi dividido em duas etapas. A primeira se materializa com esse momento por meio da ferramenta Google Meet, para encontros junto aos Professores, como espaço de escuta e acolhida e também para trabalharmos temas referentes a Saúde Mental e qualidade de vida. O segundo, os Professores acessam aos alunos e suas famílias através de contato telefônico, proporcionando a construção e a manutenção da rede socioafetiva nesse momento de enfrentamento ao COVID-19. Busca-se com esse Projeto, prevenir problemas relacionados à saúde mental de curto e longo prazo; compreender que os cuidados precisam ser compartilhados pelos diferentes campos de cuidado; fortalecer e manter vínculo entre família e escola; proporcionar uma escuta responsável, cuidadosa e paciente.

ETAPAS

Inicialmente desenvolveu-se o Projeto Piloto com Professores do Primeiro ano da Rede Municipal de Ensino, onde se realizou dois encontros através da ferramenta Google Meet, com acolhida aos Professores, que por também vivenciarem este momento, poderiam estar sentindo-se afetados com as incertezas decorrentes da Pandemia do COVID- 19. No segundo encontro explicou-se sobre a proposta do Projeto a ser realizada com os alunos, o modo de execução e orientações, para que os Professores pudessem proporcionar uma escuta de qualidade. Após essa primeira etapa, através de orientação, acompanhamento e supervisão, os professores entraram em contato telefônico com os alunos da sua turma. Em casos onde houve crianças com reações como: medo, ansiedade, regressão, dentre outros, os professores trouxeram para a supervisão para que juntos construíssemos possibilidades de enfrentamento a situação. Com a realização do Projeto Primeiros Cuidados Psicológicos, pode-se perceber que mesmo no enfrentamento de algumas dificuldades como, telefones desligados, horários das ligações que nem sempre coincidiam com o responsável em casa para poder falar com a criança, pois estava no trabalho e ansiedade tanto de professores como das famílias com as incertezas do amanhã, ele proporcionou um espaço de aproximação de professores e alunos, escola e família e possibilitou o fortalecimento de vínculos. Diante disso o Projeto se estendeu as demais turmas e professores da Rede Municipal de Ensino de Umuarama.

REFERÊNCIAS

Cartilha – Saúde Mental e Atenção Psicossocial na Pandemia COVID-19 – Ministério da Saúde e Fundação Oswaldo Cruz, 2020.

Primeiros Socorros Psicológicos: intervenção psicológica na catástrofe, in:  https://doi.org/10.14195/1647-8606_61-1_7 , acesso em 04/06/2018.

 Treinamento de Primeiros Socorros Psicológicos Manual para Cuidadores de Crianças

Publicado por Save the Children em nome de Child Protection Initiative. Primeira edição: Novembro 2013.

 Weide, J. N., Vicentini, E. C. C., Araujo, M. F., Machado,W. L., & Enumo, S. R. F. (2020). Cartilha para enfrentamento do estresse em tempos de pandemia. Porto Alegre: PUCRS/ Campinas: PUC-Campinas. Trabalho gráfico: Gustavo Farinaro Costa

Dicas de Páginas para Visitas com notícias Positivas: